UseRH

setembro 27, 2022

USERH lança campanha de incentivo ao consumo de empreendedores capixabas

CEO da USERH, Cátia Horsts, afirma que o capixaba precisa acreditar no que produz e priorizar o consumo de produtos e serviços de empresas do Espírito Santo, para aceleração dos negócios
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Na última semana, painéis de led distribuídos por Vitória começaram a anunciar a mensagem “Apoie o empreendedor capixaba”, junto com frases que remetem a elementos da cultura do Espírito Santo.

Um dos painéis digitais da campanha.

A iniciativa da startup USERH, plataforma de gestão de recursos humanos criada há dois anos, vem da necessidade de apoiar outros empreendedores do estado, incentivando negócios B2B entre capixabas.

“Nós precisamos que não seja apenas um movimento da “inovação”, ou dos hubs de inovação, de olhar para as empresas capixabas e investir nelas. Mas, a gente precisa que as empresas capixabas consumam de outras empresas capixabas”, afirma a CEO Cátia Horsts.

Os painéis estão espalhados por toda Grande Vitória.

A empresária tem uma longa jornada de 11 anos no mercado capixaba, por meio do Grupo RHOPEN, da qual também é sócia-fundadora. Segundo ela, o caminho de empreender no Espírito Santo, por muito tempo, foi de sofrimento com o preconceito local. Mas disse que essa realidade vem mudando.

“Tinha-se o pensamento de que os produtos e serviços bons estavam em São Paulo, ou provinham da região Sul do Brasil, ou ainda que eram encontrados apenas em marcas reconhecidas e consolidadas há muitos anos. No entanto, nos últimos anos, a mente do empreendedor capixaba tem se voltado para dentro de casa”, explica Cátia.

Cátia Horsts, CEO UseRH

A campanha também está mobilizando as pessoas nas redes sociais: por meio de um template, as pessoas são convidadas a compartilhar o nome de até 5 empreendedores capixabas que são uma inspiração para elas, divulgando, assim, o trabalho de outras empresas.

Para baixar o template, basta acessar o perfil @userh.brasil no instagram.

A importância do incentivo local

Cátia Horsts conta que precisou de muito apoio do empresariado local, o qual foi fundamental para o crescimento do Grupo RHOPEN. Por isso, acredita que o primeiro passo é sempre buscar um fornecedor local, ver se a solução procurada já não é ofertada aqui e priorizar esse consumo. 

“Além de fortalecer a economia, isso aumenta a crença no empreendedor capixaba e o desenvolvimento de produtos. Que as marcas consigam ser fortes e importantes dentro do nosso estado e que não precisem ir para fora para acelerar os seus negócios, mas sejam acelerados aqui mesmo”, pontua.

Vantagens de empreender no Espírito Santo

A empresária também destaca a forte economia do Espírito Santo, com estrutura geográfica e logística favoráveis, tanto ferroviária quanto hidroviária.

“Tivemos uma sólida gestão governamental nas duas últimas décadas e lideranças atuantes, com destaque para da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), ecossistemas e hubs de inovação, associações de classe, Sebrae e Sistema S como um todo”, opina.

No primeiro trimestre de 2022, o Produto Interno Bruto (PIB) capixaba foi de 1,7%, superior à média nacional de 1%. Já no último trimestre, mesmo com a retração de 0,3%, em função da baixa de resultados da indústria extrativista, a economia capixaba apresentou bons resultados, segundo o Instituto Jones dos Santos Neves, com base nos números do IBGE.

“Nós temos muitas coisas boas, com competência de nível nacional e até internacional, e que não perdem para empresas do Vale do Silício ou para qualquer região do Brasil. Precisamos dizer para fora deste estado que nós acreditamos no que produzimos aqui dentro, consumindo o que produzimos”, concluiu.

Assine nossa Newsletter

Email:
Nome: