UseRH

O que é o mapeamento de perfil DISC e quais as vantagens?

Utilizar ferramentas para aprimorar o trabalho na gestão de pessoas é uma excelente ideia. Nesse contexto, o teste de perfil DISC surge para avaliar diferentes comportamentos entre os profissionais.
perfil DISC
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Utilizar ferramentas para aprimorar o trabalho na gestão de pessoas é uma excelente ideia. Nesse contexto, o teste de perfil DISC surge para avaliar diferentes comportamentos entre os profissionais. Assim, é possível utilizar os dados encontrados para alinhar a equipe com as metas de uma empresa.

A aplicação do teste de perfil DISC é variada. A avaliação ajuda a identificar como ajudar os colaboradores a melhorar a produtividade, como valorizar melhor os talentos da empresa e quais os melhores setores para cada profissional crescer e ter um bom desenvolvimento pessoal e de carreira, com base nas suas preferências comportamentais.

Neste artigo, entenda melhor o que é o teste de perfil DISC e como essa avaliação pode ajudar na gestão de pessoas da empresa!

O que é o teste de perfil DISC?

Essa é uma ferramenta utilizada no setor de Recursos Humanos, que permite observar qual é o perfil dominante de uma pessoa. Dessa maneira, ajuda a estudar as características pessoais dos colaboradores de uma empresa e alinhá-las da melhor maneira, tanto para o profissional quanto para o ambiente de trabalho.

Toda a metodologia foi elaborada com base na teoria dos quatro comportamentos, desenvolvida pelo psicólogo William Moulton Marston. Segundo o pesquisador, existem 4 fatores comportamentais que mais se destacam entre as pessoas: dominância (D), influência (I), estabilidade (S) e conformidade (C).

Todos esses traços são influenciados por fatores psicológicos. Dessa forma, com um conjunto de perguntas que levam a um desses 4 resultados, é possível observar em qual desses fatores cada profissional se destaca com mais facilidade. 

Por ser uma ferramenta simples e de fácil aplicação, seja à mão, seja por um software, os gestores de Recursos Humanos fazem bastante uso da técnica. Os resultados podem ser aplicados em diferentes estratégias e alinhar a gestão de pessoas com os objetivos da empresa e dos colaboradores.

Quais os perfis comportamentais do DISC?

Para entender melhor o conceito desenvolvido pelo psicólogo William Marston, é interessante observar cada componente dos perfis comportamentais. A primeira vez que o termo DISC foi usado foi quando o autor lançou o livro As Emoções das Pessoas Normais, em 1920. Desde então, a ideia foi adaptada para diferentes contextos, inclusive o de RH.

Vale a pena destacar que as pessoas não estão limitadas a apresentar apenas um perfil. No entanto, uma ou duas dessas características costuma se destacar mais na personalidade apresentada no ambiente de trabalho ou em um processo seletivo. Por isso, é preciso observar esses comportamentos.

A seguir, entenda o que cada letra da sigla DISC quer dizer e como identificar essas características nos profissionais de uma empresa.

Dominância (D)

O perfil de dominância diz respeito à forma que uma pessoa reage ao lidar com desafios. A capacidade de resolver problemas e solucionar enigmas, principalmente por meio da proatividade, é um bom indicador para assumir responsabilidades dentro da empresa.

Indivíduos que são mais competitivos, apresentam autocontrole e demonstram ter bastante objetividade costumam se destacar mais nesse perfil comportamental. Características como determinação e atenção aos detalhes tendem a estar atrelados a seus comportamentos.

Influência (I)

A influência, por sua vez, está relacionada às habilidades de comunicação, inspiração e persuasão de um indivíduo. Pessoas que conseguem se relacionar com facilidade com os outros e engajá-los tendem a se destacar em cargos de liderança, especialmente nos setores de vendas. Assim, podem transmitir o entusiasmo e o otimismo para toda a equipe, motivando os profissionais a alcançarem bons resultados.

Estabilidade (E)

Já o perfil comportamental relacionado à estabilidade gosta de sustentar a rotina e os processos funcionando, pois busca acima de tudo a segurança. Essa característica, apesar de apresentar desafios para lidar com mudanças, é muito importante para manter o dia a dia organizacional, principalmente em setores que necessitam de processos bem regrados.

Pessoas com esse perfil comportamental têm facilidade de trabalhar em equipe e gostam de seguir corretamente etapas descritas por algum manual ou orientações. A capacidade de atuar de forma regular é um benefício para evitar surpresas e ter uma gestão estratégica e precavida.

Conformidade (C)

O perfil de conformidade é bastante cuidadoso. Aqui, as pessoas tendem a ter disciplina no trabalho e uma visão analítica que se destaca entre os colegas. Profissionais com essas características se desenvolvem bem ao trabalhar com dados e estatísticas.

A precisão também é um traço forte nesse perfil comportamental. Desse modo, pode ser aproveitada em setores que lidam com altos riscos, como segurança do trabalho, contabilidade e planejamento estratégico.

Qual a importância de aplicar o teste DISC na empresa?

O uso de diferentes ferramentas em um setor da empresa só tem a agregar ao trabalho de toda a organização. Afinal, os segmentos de um negócio estão correlacionados e, se um se desenvolve, toda a companhia tem um progresso.

Com a metodologia DISC, é possível aprimorar os processos de recrutamento e seleção, segmentar melhor as vagas de emprego, direcionar talentos para postos que valorizam suas habilidades, reduzir o turnover de funcionários e demais melhorias internas. Tudo isso gira em torno da gestão de pessoas de qualidade.

Ao cuidar bem dos colaboradores e da montagem das equipes, a empresa estará cuidando também dos seus resultados finais. Afinal, são os profissionais que determinam como será a rotina e quais serão os retornos de uma organização.

Desse modo, estimular um time de profissionais a desempenhar um bom trabalho, dentro de cargos que estejam de acordo com suas habilidades e preferências, só tem a agregar positivamente a empresa. Produtividade, qualidade, eficiência, integração e precisão são algumas das vantagens mais observadas com o bom uso dos resultados do teste DISC.

Do ponto de vista dos colaboradores, a aplicação desse conceito também é bastante vantajosa. Isso porque é possível encontrar mais satisfação no ambiente de trabalho e oportunidades de crescimento profissional. Esses fatores favorecem as chances de permanecerem no emprego, reduzir o absenteísmo e aumentar o comprometimento com a empresa.

Como visto, o DISC é uma ferramenta bastante conhecida e surge como um método estratégico para a composição do quadro de profissionais de uma empresa. Investir em uma boa aplicação dessa teoria vai proporcionar um bom desenvolvimento organizacional e o alinhamento com os objetivos da empresa. Além de tudo, o bem-estar e a experiência dos colaboradores são priorizados e potencializados.

Vale destacar que é possível estruturar o questionário do perfil DISC no módulo de Avaliações da UseRH. Com essa ferramenta, a empresa pode, por exemplo, aplicar testes em massa, setorizados ou individualizados.

Achou este post interessante? Então, veja também quais são as vantagens de fazer uma avaliação de desempenho 360° na empresa!

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Assine nossa Newsletter

Email:
Nome:

Quero treinar e desenvolver meus colaboradores com a plataforma da UseRH:










Cargo Atual:

Funcionários:
Eu concordo em receber comunicações: