UseRH

julho 18, 2022

O que é RH estratégico e como implementar na sua empresa em 5 passos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Muito tem se falado nos últimos anos em tornar a gestão de Recursos Humanos mais estratégica. Algumas pessoas associam essa mudança apenas ao investimento em recursos tecnológicos. 

Mas será que só contratar softwares torna o trabalho do RH estratégico?

Neste artigo, você vai aprender as características de um RH estratégico, entender qual é o verdadeiro papel da tecnologia na construção de um RH estratégico e como implantá-lo em 6 passos.

A verdade que não te contaram sobre o RH estratégico

Da mesma forma que comprar um carro não faz ninguém motorista, implementar ferramentas de recrutamento e seleção, pesquisa de clima ou controle de ponto não vai inserir o seu time no universo da alta gestão do capital humano.

A verdade é que essas ferramentas são importantes sim, porém só fazem sentido quando o time de Recursos Humanos entende que seus objetivos são corporativos e não mais burocráticos.

O que isso quer dizer?

O RH estratégico é aquele que está focado em buscar resultados para a empresa por meio da sua máxima eficiência. Para isso, planeja as ações e baseia as suas decisões em dados.

Ele também tem objetivos alinhados com as metas da empresa – como reter talentos, promover a cultura organizacional, desenvolver employer branding -, e procura otimizar o seu tempo simplificando processos com o auxílio da tecnologia, por exemplo.

Desta forma, pode-se dizer que um RH estratégico tem essas características:

Coleta dados para tomada de decisão

Planeja as ações baseadas em dados 

Suas ações têm foco em resultado

Trabalha em conjunto com outros setores para alcançar objetivos

Tem auxílio de ferramentas tecnológicas para otimizar processos

Atento às tendências do mercado

Visão estratégica do negócio

Enxerga os profissionais como “pessoas”

Por outro lado, o RH tradicional está mais preocupado com a execução de processos operacionais e burocráticos, como contratações, demissões, pagamentos e controle de jornada. Porém, sem priorizar resultados e alcance de metas.

Geralmente, a maior parte da gestão é feita a mão, usando planilhas de Excel. Esse modo de trabalho mina o tempo da equipe e limita os insights que poderiam nortear ações de melhorias. 

Então, esses são os aspectos que compõem um RH tradicional:

Não coleta dados nem mensura os resultados das ações

A maioria das ações são reativas

Toma decisões no achismo 

Foco em processos burocráticos e operacionais

A maioria dos processos são manuais

Utiliza planilhas para fazer toda a gestão

Não tem tempo nem dados para realizar melhorias 

Enxerga os profissionais como “recursos”

Vale ressaltar que o RH estratégico executa as mesmas ações operacionais do RH tradicional, porém de maneira otimizada, usando a tecnologia.

Tecnologia: aliada do RH estratégico

Existem diversos softwares no mercado voltados para a gestão de RH, que prometem simplificar os processos por meio de fluxos automatizados, inteligência artificial e dashboards informativos.

Sem o auxílio da tecnologia, facilmente os times de RH perdem tempo de produção treinando novos colaboradores, sentem-se sobrecarregados em fases de expansão e alta contratação e não conseguem mensurar os resultados do próprio trabalho.

Algumas plataformas, como a USERH, reúnem diferentes soluções que trabalham de forma integrada, como plataforma de treinamento, de onboarding e avaliações (PDI, Avaliação de Desempenho, Feedbacks etc), reduzindo custos e unificando processos antes fragmentados em ferramentas diferentes.

Como implementar um RH estratégico em 5 passos na sua empresa

Agora que entendemos as principais características de um RH estratégico, vamos aprender 5 passos para melhorar a sua gestão e torná-la mais estratégica. Veja só:

1 - Estude a performance atual da equipe e defina metas

É preciso conhecer os resultados atuais para depois traçar metas. Para isso, use indicadores-chave, como índice de rotatividade dos colaboradores, percentual de vagas fechadas no prazo, taxa de satisfação e lealdade (ENPS) e outras.

A partir delas é possível ver o que precisa melhorar e traçar caminhos e ações. Lembre-se que as metas precisam ser mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com tempo definido – formato SMART.

2 - Planeje as ações

Uma das características do RH estratégico é ser proativo. Ou seja, planeja as ações e atua de forma antecipada às necessidades da empresa. Trabalha ciente dos resultados, baseado em dados e com metas claras.

3 - Colete dados e oriente-se

Não é possível calcular indicadores sem uma estrutura que permita coletar dados. Por isso, realize avaliações periódicas, crie uma rotina de relatórios e, se possível, busque ferramentas que façam o trabalho burocrático por você, pois elas registram e organizam dados com mais eficiência.

Dedique o seu tempo a analisar os dados.

4 - Invista em tecnologia

Como dissemos ao longo do artigo, a tecnologia não torna o RH estratégico, mas facilita o dia a dia e libera a equipe de atividades burocráticas para que tenha mais tempo para análise e planejamento.

Existe uma vasta opção de softwares de RH que entregam soluções diferentes. Identifique onde estão os seus gargalos e estude o que melhor pode atender a demanda do seu time e da sua empresa.

5 – Pesquise novos métodos de gestão

Estar atento às tendências do mercado é outra característica de um RH estratégico. As mudanças são graduais e se consolidam com o tempo em todas as áreas.

Por isso, coloque no seu radar novas formas de treinar a equipe, tecnologias, técnicas de gestão de equipe e processos, entre outros. Estude, aplique e permaneça com o que der resultado.

Esses passos são sugestões para nortear o início de uma transformação no RH da sua empresa. 

Conte com a USERH para torná-la real.

Fale com um consultor agora mesmo!

Assine nossa Newsletter

Email:
Nome: