UseRH

maio 3, 2024

Hard skills: descubra quais as mais valorizadas

Conheça as hard skills mais valorizadas e exigidas pelo mercado. Seu time está alinhado ou ficando para trás? Leia o artigo!
hard-skills
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Diferentemente das soft skills, as hard skills, conhecidas como competências técnicas, são habilidades que são desenvolvidas a partir de conhecimentos teóricos e práticos.

Com isso, é possível elevar o repertório intelectual, construir uma carreira sólida e contribuir para o crescimento de um negócio em determinada função.

No mercado de trabalho, existem algumas hard skills que se destacam e são procuradas frequentemente pelos recrutadores.

Conhecê-las é uma maneira de se preparar para ter mais acesso a boas oportunidades profissionais, desde a aprovação em processos seletivos até possibilidades de avanço na carreira.

Neste artigo, conheça melhor as competências técnicas em alta demanda e saiba como trabalhar para desenvolvê-las!

Cursos técnicos

No Brasil, cerca de 9% dos alunos do Ensino Médio fazem também um curso técnico.

Essa é uma tendência que se fortalece no país, uma vez que ter um certificado de habilidades técnicas ajuda a exercer diversas funções específicas com mais facilidade.

Os cursos técnicos costumam ter curta duração e abordam conteúdos voltados para atividades que são comuns no mercado de trabalho.

Assim, os alunos saem preparados para desempenharem determinadas funções e têm mais oportunidades de sucesso ao se candidatarem a uma vaga que envolve atribuições relacionadas.

Existem opções de cursos técnicos dos mais variados temas e para os mais diversos segmentos do mercado.

Além disso, é permitido realizá-los a partir do Ensino Fundamental, sem a necessidade de concluir o Ensino Médio antes.

Consequentemente, é possível entrar no mercado de trabalho com 18 anos e um certificado de habilidades técnicas.

Informática

As habilidades de informática também são hard skills muito valorizadas no mercado, já que a sociedade como um todo está muito mais digitalizada.

Nessa época de transformação digital, saber como utilizar ferramentas tecnológicas, principalmente as mais básicas, torna-se essencial para se manter em um emprego ou conquistar melhores oportunidades.

Vale a pena destacar também que todas as áreas de atuação estão se atualizando e utilizando computadores e demais máquinas automatizadas na rotina de trabalho.

Diante desse cenário, saber o básico de informática é necessário para todos os tipos de carreira.

As noções de informática são competências técnicas que permitem usar os programas básicos do computador para realizar procedimentos cotidianos em um ambiente de trabalho.

Saber usar editores de textos, planilhas, navegadores de internet e configurações padrões de um processador é uma habilidade importante para qualquer profissão.

Graduação

Ter um curso superior — bacharelado, licenciatura ou tecnólogo — também agrega muito valor a um perfil profissional, uma vez que indica uma dedicação de anos para aprender sobre um tema geral.

Com cerca de 3 a 6 anos, é possível ter em mãos um diploma de graduação e trazer consigo hard skills valiosas relacionadas à profissão.

Uma pessoa graduada em Ciências Contábeis, por exemplo, apresenta conhecimento teórico e técnico suficiente para exercer a profissão.

Desse modo, as organizações podem deixar responsabilidades mais críticas para esse profissional e confiar que ele será capaz de lidar com a situação e resolver problemas, sempre que necessário.

Vale destacar que, no Brasil, apenas 23% das pessoas com idade entre 24 e 35 anos têm Ensino Superior.

Isso mostra a importância de investir na qualificação profissional com uma graduação para ter um diferencial competitivo e elevar as chances de encontrar boas oportunidades na carreira.

Especialização

Outra hard skill importante, principalmente para quem já concluiu o Ensino Superior, é a especialização.

Fazer uma pós-graduação permite se aprofundar em determinado tema e se tornar cada vez mais especialista em uma área de atuação.

Pessoas com certificado de conclusão de um curso de especialização podem ter o salário aumentado em até 225%, em comparação com quem tem apenas o diploma de graduação.

Conhecer esse fator é uma maneira de se motivar a dar continuidade aos estudos, com o lifelong learning, e desenvolver cada vez mais hard skills para melhorar a remuneração.

Também vale a pena ressaltar que nada impede que você tenha mais de uma especialização no seu currículo.

Inclusive, essa é uma ótima forma de adquirir conhecimentos aprofundados e específicos sobre determinada área e desenvolver um trabalho cada vez mais inovador no mercado.

Idiomas

Da mesma maneira que a digitalização é uma tendência, a globalização veio para ficar.

Conhecer essas tendências é fundamental para se preparar para estudar e aprender conteúdos indispensáveis para se tornar um profissional do futuro, e o domínio de diferentes idiomas é um exemplo disso.

Saber falar inglês, espanhol, francês e demais línguas com maior contato com o Brasil auxilia na comunicação com pessoas dos mais variados lugares do mundo.

Consequentemente, esse conhecimento abre espaço para ampliar a zona de procura por um trabalho de qualidade e com boas vantagens.

Falar outros idiomas também é um requisito procurado em áreas de atendimento, nas quais é essencial saber se comunicar com pessoas de fora do país, sempre que necessário.

Por isso, aproveite a oportunidade para aprender uma nova língua, enriquecer o currículo com uma excelente hard skill e favorecer o seu crescimento profissional.

Uso de ferramentas

Dominar diferentes ferramentas faz com que um profissional seja versátil.

Outro ponto positivo para quem aprende a mexer com diferentes recursos online ou físicos é a reputação como um indivíduo proativo, que vai em busca do seu próprio aprendizado e sucesso, por meio do desenvolvimento contínuo.

Por essa razão, o uso de ferramentas é uma hard skill bastante valorizada pelos recrutadores no mercado de trabalho e pode ajudar a se destacar em uma profissão.

É válido lembrar também que diversas áreas de atuação estão se atualizando.

Portanto, chegar a um processo seletivo com conhecimentos prévios também é um benefício.

No geral, saber como desenvolver a carreira e aprimorar hard skills e soft skills depende diretamente da busca por novos conhecimentos.

Sendo assim, é importante pesquisar e investigar quais as habilidades mais requisitadas nas áreas que despertam seu interesse.

Além disso, lembre-se de que é sempre possível buscar novas experiências e aprendizados, e ter um comprovante ajudará muito a conseguir oportunidades profissionais.

Achou este artigo interessante? Então, aproveite e acompanhe a UseRH nas redes sociais para não perder nenhuma novidade: Facebook, Instagram, YouTube e LinkedIn!

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Assine nossa Newsletter

Email:
Nome: