UseRH

Como implementar cultura de tomada de decisão baseada em dados

Você já parou para pensar em como a tomada de decisão baseada em dados têm afetado o RH das empresas?

tomada de decisão baseada em dados
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Com o advento da transformação digital, os dados são gerados em volumes sem precedentes. O que faz com que a tomada de decisão baseada em dados seja um diferencial competitivo essencial para as empresas. 

Nesse cenário, a implementação dessa cultura é um caminho fundamental para aprimorar a eficiência das organizações. 

Neste artigo, exploraremos os passos essenciais para estabelecer uma cultura de tomada de decisão baseada em dados na sua empresa. Acompanhe!

O que é decisão baseada em dados?

A tomada de decisão baseada em dados, processo também conhecido como data driven, é um processo empresarial que se concentra na coleta, análise e interpretação de informações quantitativas e qualitativas para informar escolhas estratégicas. 

Nesse método, as organizações coletam dados de diversas fontes, como:

– Transações de negócios;

– Feedback de clientes;

Métricas de desempenho;

– Dados de mercado.

Depois as empresas aplicam análises estatísticas e algoritmos de aprendizado de máquina para identificar padrões, tendências e insights relevantes. Isso permite que a gestão das empresas tome melhores decisões, em vez de depender exclusivamente de intuições ou experiência pessoal. 

Por esse motivo, a cultura de decisão baseada em dados tem sido utilizada no RH das empresas, para afastar a subjetividade dos processos e conferir mais eficiência e credibilidade a eles.

Como funciona o processo de tomada de decisão baseada em dados?

De forma prática, o processo de decisão baseado em dados segue a seguinte ordem:

Definição do problema

Identifique claramente a questão a ser respondida ou o problema a ser resolvido. Isso estabelece os objetivos da análise de dados e orienta a coleta e análise.

Coleta de dados

Reúna informações relevantes para responder à questão ou resolver o problema. Os dados podem ser provenientes de várias fontes, como bancos de dados internos, externos, pesquisas e sensores.

Escolha da melhor alternativa

Avalie os insights gerados a partir da análise de dados.

Planejamento e execução

Execute as ações que foram planejadas a partir da análise de dados.

Monitoramento dos impactos

Acompanhe as novas decisões, com o suporte de indicadores de sucesso.

Como implementar uma cultura de tomada de decisão baseada em dados na empresa?

Para implementar a cultura data driven no RH da sua empresa, é necessário seguir alguns passos. Acompanhe!

Identifique problemas

Comece identificando os principais desafios e problemas que o RH enfrenta, como alta rotatividade de funcionários, baixa satisfação dos colaboradores ou dificuldades na contratação. Ao entender esses problemas, você poderá determinar quais dados são necessários para abordá-los de maneira eficaz.

Defina indicadores

Estabeleça indicadores-chave de desempenho (KPIs) que estejam alinhados com os objetivos do RH e da empresa como um todo. Por exemplo, você pode medir a taxa de retenção de funcionários, a produtividade da equipe ou o tempo médio de preenchimento de vagas.

Correlacione os dados

Colete e analise dados relevantes, como dados de desempenho, feedback dos funcionários e dados de recrutamento. Busque correlações e tendências que possam fornecer insights sobre o que está afetando os KPIs estabelecidos. Por exemplo, você pode descobrir que a satisfação dos funcionários está relacionada a determinados programas de treinamento.

Aposte em People Analytics

Para implantar a cultura de tomada de decisão baseada em dados, utilize ferramentas de análise de pessoas (People Analytics) para facilitar a coleta, análise e visualização de dados de RH. Essas ferramentas podem ajudar a identificar padrões e insights de forma mais eficiente, permitindo uma tomada de decisão mais informada.

Crie uma cultura data-driven

Promova a importância da tomada de decisão baseada em dados dentro do departamento de RH. Isso envolve a capacitação da equipe para entender e utilizar os dados, bem como a comunicação dos benefícios da abordagem data-driven. Incentive a colaboração entre as equipes de RH e de análise de dados para garantir que as informações sejam compartilhadas e aplicadas de maneira eficaz.

Abaixo deixamos uma recomendação de um podcast da Google sobre cultura Data Driven!

Avalie e ajuste

De forma periódica, avalie o impacto das decisões baseadas em dados e os resultados obtidos. Isso permitirá ajustar as estratégias conforme necessário e continuar refinando a cultura data-driven do RH.

Ao seguir esses passos, você pode implementar uma cultura de tomada de decisão baseada em dados no RH, o que levará a decisões mais eficientes e estratégicas, resultando em um departamento de RH mais eficiente e alinhado com os objetivos da companhia.

Habilidades essenciais para trabalhar com tomada de decisão baseada em dados

Existem poucos especialistas em dados e uma alta demanda por esse profissional.

Como não é possível atender toda a demanda, o gestores de empresas devem considerar mais do que apenas habilidades técnicas.

Desta forma, destacam-se três habilidades interpessoais fundamentais para quem está trabalhando com dados, ainda que não seja um especialista:

Comunicação

Traduzir problemas e dados complexos em insights compreensíveis requer habilidades de comunicação eficazes. A capacidade de apresentar ideias de forma clara e confiante é essencial para influenciar resultados eficazes.

Colaboração

O analytics prospera em equipes diversas. A união de diferentes perspectivas resulta em insights mais robustos e soluções mais criativas.

Curiosidade

Os melhores insights surgem da investigação e exploração incessantes. A disposição para explorar novos caminhos e abordagens é fundamental para descobrir novas perspectivas.

Legislação relacionada aos dados

É imprescindível compreender as legislações e políticas internas relacionadas ao processamento e armazenamento de dados, implementando-as desde o princípio.

Caso haja negligência dessas diretrizes, pode acarretar riscos para o projeto e a instituição, comprometendo a segurança e o tratamento adequado dos dados.

A adoção precoce dessas políticas evita problemas futuros e custos mais elevados para adaptações. Integrá-las à cultura empresarial é essencial para todos os envolvidos no desenvolvimento e na manipulação de dados.

LGPD

A Lei nº 13.709, conhecida como Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), sancionada em 2018, estabelece um conjunto de normas para a coleta, tratamento, armazenamento e compartilhamento de dados pessoais.

Ela foi inspirada no Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) da União Europeia, e entrou em vigor em 18.09.2020, impactando significativamente a manipulação de dados pessoais.

O significado da LGPD para as pessoas:

Os dados pertencem aos titulares e não às empresas que os coletam, armazenam ou tratam, destacando a proteção da privacidade e a necessidade de transparência e uso adequado no tratamento de dados.

A LGPD introduz no Brasil uma nova perspectiva sobre um direito fundamental do indivíduo: a proteção de seus dados pessoais.

A evolução tecnológica aumentou a utilização de dados para diversas finalidades, tornando os modelos de negócios cada vez mais dependentes dessas informações.

O objetivo da lei é regular a utilização dos dados pelas empresas, estabelecendo princípios gerais de proteção, privacidade, transparência e tratamento adequado.

Definição de Dados Pessoais e Dados Pessoais Sensíveis

De acordo com a LGPD, dado pessoal é qualquer informação relacionada a uma pessoa natural identificada ou identificável, como nome, sobrenome, RG, CPF, dados de geolocalização, endereço IP, entre outros.

Além disso, a lei define dados pessoais sensíveis como aqueles que dizem respeito à origem racial ou étnica, convicção religiosa, opinião política, filiação a sindicato ou a organizações de caráter religioso, filosófico ou político, dados de saúde ou vida sexual, dados genéticos ou biométricos quando vinculados a uma pessoa natural.

Plataforma de gestão de RH: impulsionando a decisão baseada em dados

No cenário empresarial atual, a gestão de recursos humanos desempenha um papel crucial no sucesso e na sustentabilidade das organizações.

Com o advento da tecnologia, surgem ferramentas como a plataforma de gestão de RH USERH, que oferece uma gama de recursos para facilitar a administração de pessoas.

A plataforma não apenas simplifica processos, mas também fornece insights valiosos por meio da coleta, organização e visualização de dados dos colaboradores, promovendo a tomada de decisão baseada em dados, a partir de suas principais ferramentas:

Avaliação de Desempenho

Por meio dessa funcionalidade, os gestores podem coletar informações detalhadas sobre o desempenho individual dos colaboradores.

Esses dados são organizados e analisados pela plataforma, permitindo uma compreensão mais profunda das habilidades e pontos fracos de cada membro da equipe.

Tais informações são essenciais para o desenvolvimento de planos de desenvolvimento individual (PDI), que visam aprimorar as competências dos colaboradores alinhadas aos objetivos estratégicos da empresa.

Gestão de Metas

Ao definir metas claras e mensuráveis para os colaboradores, essa funcionalidade facilita a coleta de dados relacionados ao progresso de cada indivíduo em direção aos objetivos organizacionais.

Com essas informações disponíveis na plataforma, os líderes de equipe podem identificar padrões de desempenho e tomar medidas corretivas ou de reconhecimento conforme necessário.

Além disso, a visualização dos dados de metas permite uma avaliação mais precisa do desempenho geral da equipe e a identificação de áreas que exigem intervenção ou suporte adicional.

Pesquisa de Clima

Ferramenta poderosa para coletar dados sobre o ambiente de trabalho e o nível de satisfação dos colaboradores.

Ao realizar pesquisas regulares de clima organizacional, o RH pode identificar tendências, preocupações e áreas de melhoria dentro da empresa.

Com essas informações em mãos, os líderes podem implementar estratégias para promover um ambiente de trabalho mais positivo e produtivo, aumentando assim o engajamento e a retenção de talentos.

Universidade Corporativa

Por meio dessa funcionalidade, as empresas podem oferecer treinamentos e desenvolvimento de habilidades de forma acessível e escalável.

A plataforma não apenas registra a participação dos colaboradores em cursos e atividades de aprendizado, mas também acompanha o progresso e avalia o impacto dessas iniciativas no desempenho individual e organizacional.

Isso permite que o RH e os líderes identifiquem lacunas de competências e priorizem investimentos em desenvolvimento de talentos para atender às necessidades futuras da empresa.

Onboarding

Esta é uma ferramenta que simplifica e agiliza o processo de integração de novos funcionários.

Ao automatizar tarefas administrativas, como preenchimento de formulários e apresentações de políticas da empresa, essa funcionalidade permite que os colaboradores se concentrem mais rapidamente em suas responsabilidades e se integrem à cultura organizacional.

Além disso, a plataforma registra dados sobre o progresso do onboarding, permitindo que o RH avalie a eficácia do processo e faça ajustes conforme necessário para melhorar a experiência do novo colaborador.

Em resumo, a plataforma USERH oferece uma variedade de ferramentas que não apenas simplificam a administração de pessoas, mas também fornecem dados valiosos para orientar a tomada de decisões.

Ao coletar, organizar e visualizar dados sobre o desempenho, metas, clima organizacional, desenvolvimento de habilidades e integração de colaboradores, essa plataforma capacita o RH e os líderes a entender melhor sua força de trabalho e implementar estratégias eficazes para impulsionar o sucesso organizacional.

Para saber mais sobre a ferramenta da USERH, solicite contato dos nossos especialistas e assista a uma demonstração.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Assine nossa Newsletter

Email:
Nome: