A importância do treinamento comportamental para as empresas

Cada colaborador passa por experiências diferentes em sua carreira, que moldam seu comportamento no trabalho. Você já percebe algumas dessas características ao analisar o fit cultural do candidato durante a entrevista e mesmo que decida que ele se enquadra na vaga, irá precisar treiná-lo para que se adapte de acordo com os valores da empresa. Por isso, hoje trouxemos algumas dicas sobre treinamento comportamental. Confira o post!

O que é o treinamento comportamental? 

O treinamento comportamental é o processo no qual as habilidades e atitudes comportamentais dos colaboradores são aperfeiçoados de acordo com os princípios da empresa. Ter funcionários com diferentes experiências de vida e de trabalho é super enriquecedor para uma organização, no entanto, é importante que, mesmo com diferentes pontos de vista, seus valores estejam alinhados para que a empresa e o colaborador possam se desenvolver por meio de um trabalho harmônico.

Para que ele serve? 

Ao contrário do que alguns pensam, o treinamento comportamental não é sobre robotizar o funcionário ou tentar padronizar uma forma de pensar e sim desenvolver um conjunto de práticas que promovam uma melhora na convivência e também na execução do trabalho, sempre respeitando e valorizando as singularidades e as experiências pessoais de cada um.

Quais os benefícios do treinamento comportamental?

Mais autoconhecimento 

Além dos benefícios que já citamos, como o desenvolvimento harmônico e mútuo do profissional e da empresa, o treinamento comportamental ajuda a promover o autoconhecimento dos colaboradores, que assim aprendem a lidar melhor com as situações que surgem no meio do caminho. O processo ainda ajuda a entender, perceber e organizar seus propósitos, habilidades e no que precisa evoluir.

Melhora da harmonia no ambiente de trabalho 

O treinamento comportamental envolve fatores como comunicação, relações interpessoais e resolução de conflitos. Desta forma, os profissionais passam a sentir-se mais à vontade para dar e receber feedback, e ainda respeitar opiniões divergentes, convivendo melhor com os colegas e situações que enfrentam no dia a dia.

Redução da rotatividade de funcionários 

Este ainda é um dos grandes desafios enfrentados pelo RH 4.0 e que o treinamento comportamental pode ajudar a diminuir! Isso porque entre os principais motivos que levam uma pessoa a se demitir estão sentir-se em um ambiente desagradável e conflitos, problemas que podem nem surgir com um bom treinamento comportamental.

Como fazer um treinamento comportamental?

Você precisa seguir alguns passos para aplicar um curso do tipo na empresa:

1)            Identificar o perfil geral dos colaboradores e potenciais necessidades específicas, com questionários, entrevistas e dinâmicas em grupo;

2)            Analisar o que precisa ser melhorado;

3)            Preparar o treinamento: você pode produzir o conteúdo ou contratar alguém para fazer isso. Deve decidir também quem irá ministrar o curso e se ele será feito presencial ou remotamente.

Oferecer treinamentos virtuais pode ser uma ótima opção para reduzir os custos da empresa. A UseRH oferece ainda relatórios de desempenhos dos colaboradores nos cursos, por meio de uma plataforma simples e intuitiva. Conheça agora e ganhe o treinamento comportamental gratuitamente para oferecer aos seus colaboradores.