UseRH

6 pontos que não podem faltar em uma avaliação de desempenho individual

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Uma das formas de entender a percepção do colaborador sobre a empresa e também conhecer as perspectivas profissionais dele é por meio da avaliação de desempenho individual.

Quando não avaliamos as pessoas que fazem parte da nossa organização, elas podem se sentir perdidas, sem saber o que precisam desenvolver para crescer na empresa.

Neste artigo você vai aprender o que é uma avaliação de desempenho individual e os 6 pontos fundamentais que não podem faltar na hora de realizá-la.

O que é uma avaliação de desempenho individual?

A avaliação de desempenho individual é uma ferramenta utilizada pelo RH que consiste em uma autoavaliação. Ou seja, o colaborador realiza uma espécie de diagnóstico pessoal, escrevendo uma autoanálise.

É também uma entre outras usadas para medir performance, como a avaliação de desempenho 180º, a avaliação de desempenho 360º, a avaliação por competência e outras.  

O objetivo desse conjunto de avaliações de desempenho é ajudar a compreender se o nível de desempenho do colaborador está abaixo, de acordo ou acima do esperado pela empresa, identificar habilidades técnicas e comportamentais e traçar um plano estratégico que atenda ao colaborador e à empresa em suas necessidades.

Decisões importantes para o negócio podem ser tomadas a partir dos dados extraídos das avaliações, como promover o funcionário x para um cargo x, desenvolver e aplicar treinamentos, atualizar a política de bonificações, aprimorar o processo y, por exemplo.

Diferentes metas também podem ser traçadas visando mensurar e acompanhar o progresso do colaborador e direcionar o seu desenvolvimento.

Como é feita uma avaliação de desempenho individual?

Geralmente a avaliação de desempenho individual é feita em duas etapas. Na primeira, o próprio colaborador escreve uma análise sobre si. Na segunda, ele e o líder discutem a autoanálise.

Outra característica é que essa avaliação, assim como as outras, é periódica, refeita a cada três ou seis meses até um ano, para revisão do desempenho.

O que o colaborador deve escrever na avaliação de desempenho individual?

Este pode ser um momento crítico para o colaborador e, ao mesmo tempo, uma oportunidade de apresentar valor sobre si mesmo e sobre o seu trabalho.

Sugere-se, portanto, que o funcionário apresente de forma clara os próprios pontos fortes e fracos, objetivos e conquistas, as habilidades desenvolvidas no período e quais áreas gostaria de aperfeiçoar.

Para facilitar esse processo, preparamos um direcionamento para a autoavaliação de seus colaboradores. Veja:

6 pontos fundamentais que não podem faltar em uma avaliação de desempenho individual:

Metas

Uma apresentação de quais eram as metas relacionadas ao trabalho (atribuídas pela gestão) para o período e as pessoais (de desenvolvimento profissional). Qual foi o progresso? Quais foram atingidas? Como foram atingidas? Quais as dificuldades? Quais as soluções para as dificuldades enfrentadas?

Ações e realizações

Um resumo das ações realizadas pelo colaborador no período e a importância delas para a equipe e para o negócio, quais os resultados alcançados e outros dados sobre a realização.

Ideias sobre a própria produtividade

Uma descrição do processo produtivo do colaborador. O que o motiva? Quais comportamentos o ajudam a ter sucesso?  Em quais horários e dias o colaborador se sente mais produtivo? E quando ele se sente menos produtivo? Quais hábitos o ajudam a aumentar a produtividade? Quais os sabotadores?  

Evolução

Um apontamento das melhorias desde a última avaliação de desempenho. Quais são os pontos fracos que ainda precisam ser resolvidos? Como resolvê-los? 

Plano de Desenvolvimento Individual

Uma perspectiva de próximos passos para o futuro. Peça para listar ideias para o plano de desenvolvimento individual (PDI), considerando o que fazer para continuar crescendo e se desenvolvendo com base no que relatou na autoavaliação.

Fit Cultural

A empresa e o colaborador compartilham valores iguais? Se sim, quais valores? Como é viver esses valores no dia a dia de trabalho?

Agora que você já sabe o que é e como realizar uma avaliação de desempenho individual, envolva o seu RH nesse processo.

Quer aprender mais sobre gestão de desempenho? Continue acompanhando o nosso blog!

Assine nossa Newsletter

Email:
Nome:

Quero treinar e desenvolver meus colaboradores com a plataforma da UseRH:










Cargo Atual:

Funcionários:
Eu concordo em receber comunicações: